Como Fazer Rabanada Deliciosa e Fácil de Fazer em Casa

Quando vai chegando o fim do ano, até o cardápio em nossas casas começa a mudar. Existe uma série de comidas e doces típicos que são comuns nessa época. É claro que nada nos impede de fazer essas receitas em qualquer mês do ano, mas é inegável que elas adquirem um significado especial quando o Natal chega aos nossos lares. Um bom exemplo disso são as rabanadas. Trata-se de um quitute fácil de fazer e que deixa todo mundo com água na boca. E por falar nisso, que tal tomar nota da receita?


Ingredientes

  • 4 pães franceses (ou baguetes);
  • 2 latas de leite condensado;
  • 3 ovos;
  • 1 litro de leite;
  • Óleo;
  • Açúcar;
  • Canela em pó;

Modo de preparo

  • Em um recipiente, misture o leite com o leite condensado. Reserve.
  • Em outra vasilha, bata os ovos. Reserve.
  • Em uma terceira vasilha, misture o açúcar com a canela em pó.
  • Aqueça o óleo em uma frigideira.

O preparo dos doces consiste na seguinte sequência: Corte os pães em rodelas não muito grossas e nem muito finas. Em seguida, passe o pão na mistura de leite com leite condensado e no ovo batido. É importante não deixá-lo mergulhado por muito tempo em nenhuma das duas misturas.

O próximo passo é fritar o pão e retirar o excesso de óleo com papel toalha. Após este procedimento é só passar no açúcar com canela e as suas rabanadas estarão prontas para servir.

Você sabe como surgiu a rabanada?

Não somos só nós, brasileiros, que comemos rabanada. Na Inglaterra, Estados Unidos e outros países, ele também é comum. Embora considere-se que a origem do doce é portuguesa, há indícios de que houve influência francesa e também de outras culturas. A rabanada surgiu basicamente a partir da necessidade de reaproveitar os pães amanhecidos, visto que tratava-se de um alimento sagrado e que, portanto, não poderia ser desperdiçado. Há até uma lenda antiga que diz que as grávidas deveriam comer o doce para auxiliar na produção do leite materno.

Veja também: Como fazer pão caseiro

Existem ainda versões mais elaboradas da receita, onde acrescenta-se vinho do porto, creme inglês ou frutas vermelhas. E você, costuma incluir algum ingrediente quando faz rabanadas?