Como Criar um Negócio Digital?

Você já imaginou poder trabalhar presente em qualquer lugar do mundo? Essa é apenas uma das milhares de possibilidades que o mercado digital pode oferecer. Muitas pessoas têm buscado cada vez mais novos caminhos e novas formas de ganhar dinheiro na internet.


Poder ter o seu próprio negócio sempre foi o sonho da maioria das pessoas ao redor do mundo. Quem nunca quis trabalhar de acordo com o seu horário individualizado? Quem sonha em trabalhar sem pressão do chefe e ter autonomia para conciliar o trabalho com outras atividades?

Com a globalização e o avanço do e-commerce no mundo, tudo isso se tornou muito mais fácil. O que antes era burocrático e visto como uma realidade distante, hoje se tornou um caminho possível para qualquer pessoa.

O novo comportamento de consumo está diretamente ligado às ações online e às tecnologias. As pessoas contratam serviços por aplicativos, pagam contas por ferramentas digitais e preferem comprar em lojas virtuais sem sair de casa.

Diante disso, temos um mercado digital com novos modelos de negócios e com inúmeras oportunidades. Criar um negócio digital é uma alternativa de baixo investimento para quem deseja começar do zero e busca maior praticidade.

Com apenas um computador e acesso à internet você consegue dar início a seu próprio negócio e obter resultados rápidos. Tenha em mente que um negócio digital requer uma internet responsiva, por isso, vale investir em uma internet estável como a Oi Fibra, para se manter conectado com seus clientes. Apesar disso, criar um negócio digital requer disposição e dedicação como qualquer outro negócio e empreendimento.

Empreender na internet tem maiores potenciais de alcance e engajamento, resultando em maiores resultados. Porém, é preciso sabedoria e criatividade para se destacar no mercado.

Quer saber mais sobre esse mercado e como criar o seu próprio negócio digital? Separamos algumas informações e dicas que irão te ajudar nesse processo.

Imagem: Pixabay

O que é o mercado digital?

Todos os segmentos de negócios presentes no ambiente online são o que definem o mercado digital. Com isso, as possibilidades de negócio são inúmeras.

Quando falamos em um mercado específico, estamos falando sobre compra de produtos e serviços, vendas e trocas. A internet nesse mercado funciona como facilitadora de transações comerciais e na criação de uma nova vitrine comercial.

A internet e o mercado digital democratizaram as oportunidades, pois trouxe um leque de alternativas para as pessoas que sempre sonharam com seu próprio negócio. 

As possibilidades de crescimento nesse mercado se tornam muito maiores do que o mercado físico, pois abre espaço para as pessoas trabalharem com suas potencialidades.

Ultimamente, uma grande parcela da população conseguiu mudar por completo o estilo de vida e aumentar de forma significativa a lucratividade com os negócios digitais.

Com a popularização e visibilidade dos empreendimentos digitais, as redes sociais como o Instagram e o Facebook passaram a criar ferramentas e funcionalidades voltadas às vendas e pequenos negócios.

Assim como em qualquer outro mercado, a concorrência pode ser um grande desafio para quem está começando e até mesmo para as empresas que resolveram digitalizar seu negócio. 

Contudo, é preciso ter uma consistência de trabalho e muita disciplina para garantir resultados sólidos e duradouros nesse mercado que é cada vez mais dinâmico.

Tipos de negócios digitais

Definir um segmento e tipo de negócio em meio a tantas possibilidades na internet pode haver dificuldade, principalmente se você é iniciante. Pensando nisso, separamos alguns dos principais segmentos de negócio e quais os fundamentos básicos de cada um.

E-commerce e venda de produtos 

O termo “E-commerce” se refere basicamente ao mercado de venda online. Ou seja, todo canal ou plataforma que possua venda de produtos está incluso no e-commerce, seja uma loja virtual ou até mesmo plataformas de redes sociais como o Instagram e o Facebook.

A plataforma mais utilizada no e-commerce é sem dúvidas as lojas virtuais, pois é um canal direto por onde as vendas acontecem. Esse tipo de negócio é um dos mais econômicos, pois requer investimento apenas na criação de um site.

Para criar uma loja virtual é necessário registrar um domínio na internet e contratar um bom serviço de hospedagem. Os preços desses serviços são muito acessíveis e um investimento pequeno se comparado a outros negócios.

Além desses serviços essenciais para a criação de sua loja virtual, você ainda pode ter um e-mail profissional personalizado, pois na compra desses pacotes de hospedagem está incluso a criação de e-mail profissional com seu próprio domínio.

Com um e-mail profissional, você ainda consegue organizar os assuntos do seu negócio com uma interface de webmail prática e dinâmica.

Sobretudo, é muito importante pensar também na relação de confiança construída com o usuário e passar determinada confiabilidade ao consumidor. 

Quando acessamos um site estruturado, personalizado e com e-mail profissional para contato, a relação de credibilidade se multiplica e transmite muito mais segurança para o consumidor.

Marketplace 

Assim como no mercado físico existem as lojas e os shoppings, no mercado digital temos referências parecidas. O Marketplace, por exemplo, funciona como um shopping virtual.

Nele vários fornecedores e marcas podem cadastrar seus produtos e os consumidores conseguem encontrar e comprar produtos de várias lojas e diversos nichos. 

A grande vantagem disso tudo é que seus produtos são entregues juntos, como se você tivesse literalmente ido ao shopping. Um dos grandes exemplos de negócios de Marketplace é o Mercado Livre e o Enjoei.

Infoproduto 

Esse talvez seja o tipo de negócio mais acessível e procurado do momento. Os infoprodutos são materiais que possuem algum tipo de conhecimento, sejam eles ebooks ou até mesmo podcasts e vídeos.

Se você possui algum conhecimento de qualquer área específica, é possível elaborar seu próprio material e disponibilizar para compra e acesso online. 

Caso contrário, a internet está cheia de oportunidades de negócio para quem deseja vender infoprodutos elaborados por outras pessoas. 

Com a pandemia de 2020, o crescimento do ensino remoto e treinamentos à distância valorizaram os produtos digitais. Isso aumentou e impulsionou o mercado de infoprodutos.

Imagem: Pixabay

Defina o seu público

Depois de definir qual o seu tipo de negócio digital, é importante delinear qual será o seu público-alvo para elaboração do marketing digital e impulsionar o seu negócio de forma assertiva.

O seu público será determinado pelo conjunto de pessoas com características em comum que se identificam com seu produto ou serviço. 

Por meio desse mapeamento e entendimento, será possível direcionar melhor as campanhas e alcançar as pessoas certas que mais têm interesse no que você oferece. 

Invista no marketing e mídias sociais

Para quem está na fase inicial da criação de um negócio digital, é essencial criar relações na internet e estabelecer uma comunicação entre as pessoas nas redes sociais. 

Não basta apenas disponibilizar o seu produto ou serviço na plataforma, é necessário utilizar de todas as redes sociais para alcançar pessoas e captar possíveis clientes.

As redes sociais vieram para revolucionar o comportamento de consumo. Desde os grandes negócios até os pequenos empreendimentos digitais precisam da presença digital.

Além disso, por serem funcionais e acessíveis, as redes sociais facilitaram as estratégias de marketing para quem está começando e criando seu próprio negócio digital agora.

Entretanto, é bom lembrar que Marketing Digital não se resume apenas em postagens em redes sociais, pois essa abordagem se refere a um conjunto de estratégias e ferramentas que devem ser usadas estrategicamente. 

Uma estratégia digital contempla o uso de e-mail marketing, redes sociais, SEO, campanhas patrocinadas, inbound marketing, marketing de conteúdo, gestão de tráfego e muitas outras ações. 

Conclusão

O mercado digital é um dos assuntos em maior evidência no momento, devido ao isolamento social da pandemia de 2020 e ao número de pessoas desempregadas atualmente.

Uma das grandes vantagens dessa área é a quantidade de conteúdo disponível na internet para quem deseja criar seu próprio negócio digital

Assim como todas essas informações e dicas citadas no texto, você pode acessar inúmeros depoimentos e podcasts de pessoas que trabalham com o mercado digital há um tempo e já estiveram exatamente no seu lugar.

Ouvir relatos e trocar experiências é mais uma das inúmeras possibilidades que a internet oferece e que pode ser muito valioso na sua jornada de negócio digital.