Como Fazer a Dieta Dukan

Como Fazer a Dieta Dukan? Pierre Dukan é médico de formação, mas no início de sua carreira sua intenção era se especializar na área de Neurologia. Era por esse motivo que o francês estagiava em uma clínica para pessoas que precisavam de reabilitação por causas diversas, nos arredores de Paris.


Veja também Como Melhorar a alimentação da Família.

Um de seus pacientes era um homem obeso, já de meia idade. O sujeito vivia se queixando de dores em várias partes do corpo, de modo que sua figura era mais do que conhecida pela equipe do local. Em uma das consultas ele disse à Dukan que já havia perdido as esperanças sobre conseguir perder peso de verdade algum dia, já que ao longo dos anos havia se livrado e posteriormente recuperado mais de 300 kg.

Olhou para o médico e perguntou se ele lhe prescreveria uma dieta. Essa não era nem de longe a pretensão de Pierre, até porque seus conhecimentos em nutrição eram muito vagos naquela época, de modo que não se sentia preparado para tanto. Ainda assim, não pode deixar de se comover com o desespero daquele paciente diante da própria condição e de todos os problemas que ela lhe acarretava. Acabou por ceder, dando o primeiro passo em uma trajetória que mudaria para sempre seu destino.

Parece roteiro de filme, mas essa é a história real do criador da dieta Dukan, método de emagrecimento revolucionário que conquistou toda Europa e os Estados Unidos, além de ganhar cada vez mais adeptos em outros continentes. No Brasil ela vem se popularizando graças às celebridades que aderiram a proposta desde 2012, quando o livro “Eu não consigo emagrecer” de Pierre foi lançado por aqui!

Mas será que a dieta Dukan emagrece de fato aqueles que nela apostam? Afinal, esse certamente não é o primeiro e nem será o último regime alimentar a prometer milagres para os que nele acreditarem. Será que a Dukan veio mesmo para ficar ou vai embora tão rapidamente quanto chegou? É isso que analisaremos aqui, juntos! Vamos lá?

“Só não me tire a carne”

Essa foi a frase dita pelo paciente que inspirou Pierre a desenvolver a dieta Dukan, quando o médico lhe perguntou de que alimento ele não conseguiria abrir mão para perder peso. O aspirante a neurologista então refletiu um pouco, e decretou: o homem só poderia comer então alimentos proteicos, sem a gordura. Para acompanhar, muita, muita água.

O que se seguiu foi um assombro, tanto para o jovem recém-formado em Medicina, quanto para seu paciente obeso: sempre que o sujeito retornava ao consultório tinha emagrecido. Parecia saudável e estava cada vez mais feliz, com a autoestima lá em cima e alegre por enfim estar se livrando dos quilos a mais, sem aparentemente correr o risco de recupera-los.

A partir desses resultados Pierre Dukan começou os seus estudos e análises, até chegar a dieta que viria a ter seu nome, muitos anos depois. Com o conhecimento em nutrição que foi adquirindo ficou claro para ele que era importante que o regime em questão tivesse como fundamento o consumo de proteína, mas restringi-lo apenas a isso acabaria sendo um risco para a saúde dos pacientes, já que todos os grupos alimentares têm grande importância na manutenção do nosso organismo.

O médico então decidiu constituir a dieta Dukan por fases a serem ultrapassadas, de modo a aumentar o desafio dos participantes. Nelas o consumo de proteínas magras e de outros grupos alimentares é totalmente intercalado, garantindo assim que o método não prejudica de nenhuma forma os seus adeptos.

As quatro fases

A dieta Dukan tem quatro fases, conhecidas como Ataque, Cruzeiro, Consolidação e Estabilização.

  • A primeira, que é também chamada de Ataque, dura de dois a dez dias. É obrigatório o consumo de 1,5 colher de farelo de aveia e só se pode comer proteína magra nas refeições, nada além.
  • A segunda fase é a Cruzeiro e deve durar até o dia em que o peso desejado for enfim atingido. Nela você pode consumir saladas acompanhadas das proteínas em um dia, mas no outro não.
  • A terceira fase é a Consolidação, que deve durar dez dias para cada quilo que foi perdido. Foram 9 kg embora? Então serão 90 dias nela. O consumo de alguns carboidratos como pães e frutas volta a ser permitido, com parcimônia.
  • A quarta fase é Estabilização, na qual você pode retornar ao seu cardápio normal, obviamente tentando evitar exageros e mantendo o consumo de farelo de aveia diariamente. A maior recomendação, entretanto, é que os adeptos mantenham a quinta feira dedicada a consumir só aquilo que era permitido na fase Ataque.

Emagrece mesmo?

Não dá para negar que a dieta Dukan emagrece, especialmente se os adeptos a levarem a sério, como deve ser. O mais interessante é que além de auxiliar a pessoa a perder peso, ela também é toda esquematizada para que aqueles que nela apostarem ganhem resistência e aprendam a se alimentar de forma mais saudável, deixando de lado aos poucos as tentações.

Eaih!? Gostou das dicas nesse artigo? Então assista o vídeo e Aprenda agora como Emagrecer e Perder Barriga em 6 Semanas ou menos. Click no link: Assistir Vídeo

Se você deseja se livrar de alguns quilinhos a mais vale a tentativa, viu? Qualquer Duvida, Deixe nos Comentários!