Como Superar a Ansiedade

As mãos começam a formigar, garganta seca, palpitações, sensação de nó na garganta e até um choro descontrolável. Se você já teve essas sensações anteriormente, saiba que provavelmente você passou por uma crise de ansiedade. Vamos falar nesse artigo sobre como superar a ansiedade.


Veja também: Como controlar uma crise de ansiedade

Todos nós podemos ter períodos de ansiedade, ou somos ansiosos em maior ou menor grau. O problema passa a ser mais grave quando é acometido por sintomas, como esses que descrevemos acima.

A ansiedade ocorre através quando temos alguma sensação de medo, ou quando sentimos que estamos prestes a ter algum problema, dor, desconforto e sensação de perigo.

Tudo isso pode levar a crise de ansiedade, que trata-se de um processo físico para nos manter em alerta, uma espécie de defesa do nosso corpo que se prepara para reagir a possíveis agressões externas, e isso pode ocorrer em diversas situações.

Quando vamos tomar uma injeção, por exemplo, aqueles que são mais ansiosos começam a ficar um pouco apreensivos, as mãos formigam e alguns até preferem virar o rosto para o lado, para não ver. Logo depois que a agulha entra, vem a sensação de calma, como se aquela “agressão” já tivesse passado, e agora o corpo pode finalmente relaxar.

pessoal-ansiosa

Por que isso ocorre?

Toda vez que experimentamos algo ruim ou passamos por alguma situação desagradável, nossa mente de forma inconsciente, tenta nos alertar sobre esses desconfortos e, até mesmo tentando fazer com que a gente evite, nos deixa ansiosos e em alerta.

O medo que o ser humano tem de falhar também pode ser um dos fatores na hora de ocorrer uma crise de ansiedade.

Momentos de muita pressão, exigências, regras estabelecidas deixam a pessoa ansiosa e se ela não tiver um controle emocional, pode sofrer uma crise de ansiedade.

A ansiedade ocorre em momentos de perturbação emocional de diversos tipos, como obsessões, timidez, fobias, ataques de pânico, insônias, e quando se tem medo de sentir dor.

sintomas-ansiedade

Sintomas da ansiedade

  • Formigamento nas mãos
  • Choro descontrolado
  • Confusão mental
  • Sensação de nó na garganta
  • Boca Seca
  • Mãos paralisadas devido ao formigamento
  • Tensão muscular
  • Dificuldades em relaxar
  • Insônia
  • Tonturas
  • Fadiga
  • Sensação de desmaio

Apesar de ser uma situação bastante complicada, onde o ser humano tem um descontrole emocional, e consequentemente manifestações e sintomas físicos, a ansiedade pode ser controlada para que o indivíduo possa ter uma vida mais tranquila.

É preciso deixar claro que a ansiedade é um sentimento natural e pertencente a todos os seres humanos. De acordo com especialistas, se não fosse a ansiedade, os homens que viviam em cavernas jamais teriam saído de lá. A ansiedade faz com que as pessoas se mexam e busquem algo a mais.

Em um mundo cada vez mais exigente, onde as pessoas são cobradas por diversas coisas como, precisar ser magro, precisar ter cada vez mais dinheiro, ser feliz o tempo todo… todas essas cobranças sociais geram ansiedade, algumas vezes em menor ou maior grau, mas todos são ansiosos.

Muitas vezes a ansiedade pode aparecer até de coisas simples, como um telefonema, uma mensagem no celular, qualquer aviso ou algo que é antecipado e você fica sendo perturbado mentalmente por aquilo.

Vários exemplos e situações cotidianos que todos nós passamos podem gerar ansiedade, como por exemplo: ser chamado pelo chefe para ir até a sala dele, ou quando numa sexta-feira, no final do expediente, o chefe avisa que quer falar com você na segunda-feira.

Certamente você passará todo o final de semana pensando naquilo, gerando um desgaste mental terrível.

Quando você precisa fazer algum exame que sabe que vai doer, quando tem uma entrevista de emprego e até um encontro amoroso. A ansiedade está presente nas situações cotidianos e, por isso, precisamos nos preparar e aprender a lidar com ela. Seja através de medicamento, ou técnicas de respiração e controle mental. Tudo isso pode ajudar a diminuir o estado de ansiedade.

São esses gatilhos mentais que fazem a ansiedade nos acometer. Pensamos que geram outros, e sucessivamente começamos a imaginar as situações, dores, etc.

mulher-ansiosa

Como superar a ansiedade

É possível superar a ansiedade através de tratamentos terapêuticos, para que o profissional, junto com o paciente, possam discutir juntos e identificar os momentos em que a ansiedade mais ataca o paciente. Descobrir se há casos e situações no passado e que hoje deixam o paciente ansioso, inconscientemente. Neste caso, a função da terapia é ajudar o paciente a liberar seus medos e vencê-lo.

Hoje no Brasil, de acordo com pesquisas do Hospital das Clínicas, 12 milhões de brasileiros tem problemas de ansiedade. A ansiedade ruim é aquela que te impede de realizar alguma coisa, seja por medo ou qualquer outro motivo, pois se torna um transtorno.

É possível saber como superar a ansiedade e controlar de forma simples e eficaz. Procure formas de relaxamento, ouvindo músicas mais calmas, ter alguns minutos em que você possa se voltar e se dedicar a você mesmo.

As técnicas de respiração e relaxamento são muito eficazes para controle da ansiedade, por isso, sempre que se sentir ansioso, procure fechar os olhos, foque em sua respiração e imagine situações positivas.

Procure mudar seu pensamento e sua atitude quando tiver determinado problema, pois essa é uma maneira de domesticar os pensamentos, enviando ao cérebro mensagens positivas e de sucesso.

Veja também: Como aliviar enxaquecas de forma natural

Agora que você já sabe como superar a ansiedade, lembre-se sempre que você é capaz de realizar determinada tarefa ou superar seus medos, acredite nisso.