R$: O Que Significa, Por Que é Usado e as Diferenças

Todos os dias olhamos para esse símbolo. Todos os dias esse símbolo está presente no nosso cotidiano. Mas você já se perguntou qual é o significado de R$, o que é R$?


O R$ é um símbolo que possui muitas particularidades e, até mesmo, certas curiosidades estão presentes na sua elaboração.

Assim como todos os demais símbolos, o R$ possui, digamos, a sua razão de ser. O seu surgimento e o seu significado fazem parte de um contexto muito interessante.

Vamos apresentar para vocês neste texto a origem do símbolo que representa a nossa moeda, o Real. Apresentaremos fatos curiosos relacionados ao símbolo R$.

Sejam bem-vindos mais uma vez e apreciem nosso site sem moderação.

A origem do cifrão

Antes de sabermos o significado de R$, o que é R$, seria interessante buscar as origens do $ (cifrão).

O símbolo do dinheiro no mundo todo é o cifrão ($). Dessa maneira, sempre esteve associado ao contexto monetário, ao contexto financeiro.

Há várias teorias relacionadas ao surgimento desse símbolo. Talvez, a lenda mais conhecida seja a de que o herói grego Hércules.

Segundo o mito, Hércules precisava transpor um canal de águas em direção ao mar. Era um de seus doze trabalhos.

Como ele tinha pouco tempo, precisou abrir caminho ligando o Mediterrâneo ao Oceano Atlântico, formando, assim, dois grandes rochedos: o Gibraltar e o Musa.

Muito tempo depois desse episódio, Táriq, general árabe, teria realizado um trajeto muito difícil para chegar à Europa. Então, ele passou pela montanha que Hércules havia separado com seus próprios ombros. Aquele local de passagem era conhecido como Colunas de Hércules ou Pilares de Hércules.

O general Táriq ordenou que as moedas fossem gravadas contendo um símbolo específico. Ele escolheu a letra S para representar o difícil percurso que havia feito.

As duas barras, que representavam as Colunas de Hércules, ajudaram a compor o cifrão.

É bem curioso observar que Hércules é um personagem relacionado à força, ao poder, à perseverança. E é curioso também que o general Táriq precisou, em tese, fazer uso desses atributos para cruzar o canal.

Diante dessas histórias, vale a pena mencionar que a palavra “cifrão” vem da palavra árabe “cifr”.

Vale a pena mencionar que a versão aceita, constante no site da Casa da Moeda do Brasil, é a da jornada do general Táriq, no século VIII.

Outra versão para a origem do símbolo diz que o cifrão surgiu a partir de uma representação do brasão espanhol nas moedas produzidas na cidade de Potosi, na Bolívia.

Essas moedas de prata teriam sido cunhadas no século XVII. A imagem era a de duas barras verticais ornadas com uma faixa sobreposta. Desse modo, tempos depois, teria surgido o cifrão que conhecemos hoje.

O cifrão, por assim dizer, poderia ter originado a palavra “cifra”, na denotação de montante, total, valor de uma coisa.

Com um traço ou com dois?

Considerando-se as possíveis origens para o símbolo, essas que apresentamos há pouco, o cifrão seria grafado com dois traços e um S.

Todavia, vale a pena mencionar, costuma-se utilizar o cifrão com apenas um traço (e o S, claro) apenas.

Há uma versão para o surgimento do símbolo nos Estados Unidos da América. Thomas Jefferson teria inventado o cifrão, sendo o primeiro a utilizá-lo como designação da moeda americana, o Dólar. Essa é uma versão, digamos, folclórica.

Alguns consideram que o símbolo se trata de uma sobreposição das letras “U” e “S”. Curiosamente, US significa “United States of America”.

Acredita-se, segundo essa versão, que a letra “U” não ficava bem impressa, originando, assim, a imagem que conhecemos hoje do cifrão. Os norte-americanos chamam o símbolo de “dollar sign”.

O cifrão, poderíamos afirmar, deveria ser grafado com dois traços. Porém, vale a pena observar, até mesmo nos editores de texto dos computadores, que existe uma variação. Podemos encontrar o cifrão com dois traços, um traço e, até mesmo, meio traço. Depende da fonte (tipo de letra) utilizada.

Dinheiro, dinheiro, dinheiro

Utiliza-se, em vários países, o cifrão como símbolo monetário, sobretudo naqueles que possuem como moeda oficial o dólar, o peso e, no caso do Brasil, o real.

Dessa maneira, as moedas possuem tal representação gráfica característica. Primeiro vem uma sigla que representa o país e, depois, o cifrão.

Nos Estados Unidos é grafado US$. No México, Mex$. No Canadá, C$. Na Austrália, A$. No Brasil, R$.

O Brasil, diferentemente de outros países, utiliza na composição da representação da moeda, a letra “R”. Na época das moedas cruzeiro e cruzado, eram utilizados o Cr$ e o Cz$, respectivamente.

Levando-se em consideração as características para a composição do símbolo monetário, teríamos no Brasil um “B$”, o que não é o caso, obviamente.

O R$, símbolo da nossa moeda, acaba representando um momento único na história do nosso país. O Real surgiu da tentativa de se conter a inflação que tanto desestruturava o Brasil.

O Real (R$) foi adotado em julho de 1994, durante o governo do presidente da República Itamar Franco.

Na prática, tratava-se de uma moeda mais, digamos, forte. Mais forte suas antecessoras Cruzado e Cruzeiro.

É curioso observar que ocorreu, na implantação do Real, a ruptura com o radical “cruz-“ das moedas anteriores.

Seja como for, é muito importante que cada um de nós conheça qual é o significado de R$, o que é R$, as origens de um símbolo tão presente no nosso dia a dia.