Como Trabalhar na Nasa

Conseguir um trabalho como esse é possível para diversos tipos de profissionais. Alguns brasileiros já foram admitidos pela instituição, mas Como Trabalhar na Nasa?


Trabalhar na National Aeronautics and Space Administration (Nasa) pode ser um dos maiores exemplos do que é o sonho americano, porém, o que nem todo mundo sabe, é que esse sonho também pode ser brasileiro. Nosso país tem alguns representantes entre o quadro de funcionários da organização.

As oportunidades não são voltadas unicamente aos astronautas, mas também para cientistas, engenheiros, profissionais da área de TI e recursos humanos. Além disso, também é possível entrar na Nasa profissionalmente em vagas ainda mais improváveis como a de escritor ou contabilista, por exemplo.

Uma das características dos processos seletivos da Nasa é que ele acontece para candidatos de todos os níveis, desde a escola até os mais altos níveis de especialização.

Conheça alguns deles a seguir:

1 – Pathways Programs

Os Pathways Programs, que integram níveis como o Intern Employment Program (IEP), são voltados fundamentalmente a estudantes e recém-formados, mais ou menos como seriam os programas de estágio e trainees no Brasil.

No caso do IEP, por exemplo, as oportunidades são para estudantes aprovados em programas de qualificação profissional. A oportunidade é remunerada e esses “estagiários” normalmente atuam em agências de maneira conciliada com os estudos.

Porém, para concorrer é preciso ter qualificações bem específicas e uma delas é ser um cidadão americano, exigência que credenciaria apenas brasileiros com dupla cidadania.

Todas as oportunidades deste nível ficam disponíveis na área Nasa Pathways Opportunities, da seção de empregos do site da Nasa, o chamado Nasa Jobs. As inscrições são feitas por meio do envio de currículos, seguido por um questionário específico.

Caso o receba aprovação nesta fase, os candidatos receberão um e-mail da instituição avisando sobre o feito e falando sobre as próximas etapas do processo seletivo.

2 – Jobs Notification Service

A seleção de profissionais já graduados é um pouco parecida com as dos programas de estágio e trainee oferecidos pela Nasa, mas para saber quais são as vagas disponíveis, é preciso visitar a Jobs Notification Service, que fica no mesmo site citado acima.

Entre as oportunidades mais comuns estão as de cientista e engenheiro, porém também aparecem diversos outros tipos de oportunidades para profissionais variados. Porém, sempre é preciso ser diferenciado para conquistar o seu aceite, pois a Nasa é obcecada por inovações e profissionais do mais alto nível de talento.

Para se candidatar, o necessário é encontrar a vaga pretendida que se encaixa em seu perfil e clicar em ‘Apply On-Line’, após esse procedimento, é necessário criar um currículo dentro da plataforma e padrões impostos pela organização. Após o envio, o candidato passa pelo mesmo tipo de avaliação do programa anterior, que é composta por uma série de questões específicas. Depois disso, é importante ficar atento ao seu e-mail, pois a possível aprovação chegará pelo endereço registrado na hora da candidatura.

Vale lembrar que nem só de Marcos Pontes é feita a história dos brasileiros na Nasa. O último caso noticiado na imprensa nacional foi o do químico Gustavo Costa, em 2013. Na época, Costa tinha 37 anos em ingressou na equipe da gigante norte-americana em novembro do mesmo ano.