Como Participar de Licitações

Já pensou em vender para o governo? Muitos empresários têm essa vontade, mas para participar das compras governamentais, é necessário participar das licitações. O procedimento licitatório é bem mais simples do que muitos imaginam. E se você tem interesse mas não sabe como participar de licitações, recomendo que leia esse post até o final.


Isso mesmo! Para tirar todas suas dúvidas, preparamos esse artigo que contém informações importantes e que certamente poderá lhe ajudar nesse aspecto.

Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre licitações e como participar desse processo para garantir a sua participação em negócios com o governo que, possivelmente, lhe renderá bons lucros.

O que é preciso saber sobre licitações

Muitos empresários pensam em vender para o governo, devido aos benefícios que essa prática proporciona, como faturamento garantido, novas possibilidades, dinheiro em caixa, metas batidas e vendas consideravelmente grandes. As compras governamentais podem ser uma boa opção para os pequenos negócios.

Para as empresas que lidam com recursos públicos, como contratações de bens e serviços e compras, será necessário uma licitação com seus vários tipos e modalidades.

A licitação é um ato administrativo formal, que deve obedecer a critérios previamente determinados, conforme as definições encontradas nas leis que as regem.

As diferentes modalidades de licitação incluem: concurso, tomada de preços, convite, concorrência, pregão e leilão. Já os tipos de licitação, com exceção para a modalidade concurso, são: melhor técnica, menor preço, maior lance ou oferta, técnica e preço.

Como participar de licitações?

Para saber como participar da licitações, é preciso que você siga alguns critérios. Os principais são:

  • Sua empresa deverá ter qualificação técnica de produtos e serviços, e ainda ter o devido preparo quanto à documentação exigida;
  • Obtenção do CRC (Certificado de Registro Cadastral) da entidade com quem deseja começar um negócio;
  • Conferir as informações sobre a entidade para começar as negociações experimentais;
  • Obter o edital de licitação, e para além disso, compreender as informações contidas nele. Caso tenha alguma dúvida, procure as explicações com a unidade responsável pelas licitações ou com o CPL (Comissão Permanente de Licitação);
  • Conferir no edital se há algo que pode impedir sua participação nos processos licitatórios, a respeito das certificações de serviços, produtos, documentos solicitados, entre outros;
  • Obter as certidões e documentos requisitados pelo edital;
  • Fazer uma proposta financeira, analisando as declarações exigidas pelo edital, juntamente com suas observações.

Além disso, você deve também, por meio do conceito de entidade escolhida, verificar qual o tipo de risco estará assumindo ao participar de um processo licitatório.

Como funciona o Licitações-e?

O Licitações-e foi desenvolvido pelo Banco do Brasil, e é um sistema informatizado que permite realizar licitações de serviços e bens junto a fornecedores cadastrados, através da internet. É possível acessar esse sistema nos sites www.licitacoes-e.com.br, ou através do portal www.bb.com.br.

Para usar o sistema Licitações-e, é preciso fazer o cadastro em alguma agência do Banco do Brasil. Para o cadastramento, o usuário terá que:

  • Fornecer os dados solicitados para preencher o cadastro;
  • Firmar o termo de adesão para o regulamento;
  • Nomear representantes. Apesar de não ser obrigatório, a nomeação de representantes é importante pois eles serão reconhecidos como legítimos para a realização de algum negócio em seu nome, sendo que também deverá ser cadastrado.

Para saber como participar de licitações, é preciso estar atento aos editais e sempre buscar mais informações. Reúna todos os documentos exigidos para não ter algum tipo de problema no futuro.