Como Fazer um Intercâmbio

O intercâmbio é, sem dúvida, uma das grandes experiências da vida de uma pessoa. Fazer intercâmbio, significa imergir em alguma cultura diferente da sua nativa, conhecendo empiricamente os novos costumes, como gastronomia, história, música e tudo o mais que faz parte da cultura do novo lugar onde você está realizando essa troca.


Há quem faça intercâmbio para aprender um idioma diferente ou qualquer outro curso livre, realizar uma graduação ou deixar para fazer a pós-graduação em um local que seja especializado em determinada área. Por exemplo, muitos estrangeiros vêm ao Brasil para realizar cursos de comunicação, pois estamos entre os principais nesta área.

Como fazer um intercâmbio

Se você está achando uma boa ideia e tem um orçamento reservado, acompanhe este passo a passo com dicas de como fazer um intercâmbio:

destino-intercambio

Destino

O primeiro passo quando o assunto é intercâmbio, sem dúvida, é escolher o destino. Fatores como idioma que quer aprender, clima do país, atividades extra classe que gostaria de praticar, estilo de vida da cidade, custo de vida do local, entre outras características devem ser pensadas com muito cuidado, pois você conviverá com elas em um tempo considerável da sua vida, por mais que seja apenas durante um mês – trinta dias pode ser demais na neve para quem não gosta muito de inverno. devem ser levados em consideração.

intercambio-idioma

Programa

Se você optou por fazer um intercâmbio para aperfeiçoar seus estudos, há três modalidades diferentes possíveis e que são as mais oferecidas pelos programas nas agências:

Fazer intercâmbio de idioma: O mais escolhido de todos os intercambistas, são as  aulas em uma escola específica para cursos de língua. Podem ser feitos em níveis: básico, intermediário ou avançado. Com relação a carga horária, esses cursos podem ser intensivo, com aulas obrigatórias e eletivas nos dois períodos do dia, manhã e tarde, ou sem intensivo, com aulas apenas em um período e atividades livres no outro.

Fazer intercâmbio de Business: mais indicado para quem já tem uma profissão especifica e quer aprender o idioma para alavancar sua carreira. Há muitos casos em que as aulas são focadas em determinada área profissional.

Fazer intercâmbio preparatório: ideal para quem já fala um determinado idioma, mas quer se preparar melhor para os exames de proficiência com certificação internacional, como exemplo: tais como Cambridge, IELTS, TOEFL eTOEIC entre outros.

passaporte-intercambio

Documentação

Dependendo do país e da modalidade de intercâmbio que você escolheu, irá precisar de diferentes documentos. Os mais comuns são: passaporte, que é o principal documento de um intercambista, precisa estar em boas condições e dentro do prazo de validade (a validade dos passaportes no Brasil são de 5 anos); carteira de identidade; carteira de trabalho; comprovante de residência no Brasil; certificado de estudo ou diploma de universidade; atenção para os documentos que possam ser exigidos por um programa específico que você escolheu ou pelo consulado do país em que realizará intercâmbio.

Veja: Como tirar o passaporte

No momento do embarque, tenha os principais documentos sempre em algum local fácil para apresentar sempre que necessário. No caso do passaporte, ele é como sua carteira de identidade em outro país, por isso, ande sempre com ele. Uma dica para não passar apuros, é fazer algumas cópias do passaporte ou visto para carregar no dia a dia, assim você evita uma possível perda ou roubo de documentos, o que te causará muito dor de cabeça se estiver fora do seu país de origem. Se informe sempre que for à algum lugar diferente para saber se pode apresentar cópia ou deverá ser o original.

Outros documentos

Muitos países podem exigir visto. Se este é o seu caso, não deixe para a última hora, pois poderá ter uma longa fila de espera, até mesmo de alguns meses.

Muitos países também exigem o seguro saúde, porém, mesmo que não seja obrigatório, é recomendado fazer. Os preços costumam ser acessíveis e muitas agências indicam companhias de seguro mais indicadas.

saude-intercambio

Saúde

Se você costuma tomar algum medicamento de uso contínuo, providencie receitas com o seu médico e não deixe de levá-las com você. Uma dica é se informar se este documento que toma não é proibido no país em que fará o intercâmbio.

Caso seja permitido, leve alguns remédios com você e, para evitar constrangimentos e problemas com a segurança, tenha as receitas sempre à mão.

dinheiro-intercambio

Dinheiro

É sempre bom ter algum dinheiro para levar em mãos, ou seja dinheiro vivo. Se possível, é altamente recomendável que você leve também seus cartões de crédito, débito e saque de dinheiro internacional. Não deixe de verificar a rede de bancos e agências próximas ao local onde você estará hospedado, além de saber de que forma fará saques de emergência. Outra dica é pesquisar as melhores taxas antes de realizar o câmbio.

Veja também: Como se adaptar com a mudança de cidade

Avise familiares, amigos e outras pessoas próximas à você sobre o endereço em que você ficará hospedado durante o intercâmbio e também não deixe de passar telefone, e-mail, entre outros contatos. É muito importante que você também tenha na sua agenda os telefones e outros contatos da agência de onde contratou o programa e do consulado do Brasil no país para o qual está indo, assim pode entrar em contato com eles no caso de qualquer emergência.