Como Tirar CNPJ Autônomo (MEI)

O mercado de trabalho informal cresce á cada dia. O sonho de ter o próprio negócio ou serviço é algo que faz parte das metas de muita gente que já procura saber como tirar  CNPJ autônomo (MEI).


Muitas delas já alcançaram esse objetivo, mas desejam exercer este trabalho de forma  legalizada, á fim de garantir maior segurança, benefícios e estabilidade, assim como qualquer emprego formal oferece.

Trabalhadores autônomos que querem formalizar o seu negócio podem fazer isso através do MEI ( Micro Empreendedor Individual), que possibilita ter um CNPJ que regulariza o seu negócio, além de oferecer vantagens.

Tirar o MEI é mais simples do que você imagina.  Confira abaixo:duvidas-sobre-cnpj-autonomo-mei

O que é preciso para tirar o MEI?

Para obter o MEI é necessário que o microempreendedor não ultrapasse o faturamento máximo de R$60.000 por ano.

não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria.

Embora o serviço de cadastro de formalização possa ser realizado pela internet, é importante antes de efetuar o seu cadastro.

Entrar em contato por telefone ou pessoalmente com a junta comercial da prefeitura da sua cidade e fazer uma consulta comercial para saber se seu serviço é aprovado junto á prefeitura antes da realização da formalização do MEI.

Há também a lista de documentos necessárias para a formalização, uma vez que após o cadastro feito online ou pela empresa contábil, você deverá encaminhar a papelada junto a prefeitura da sua cidade.

como-ter-um-cnpj-autonomo-mei

Como Tirar CNPJ Autônomo (MEI):

Você pode obter a formalização do Microempreendedor Individual de duas maneiras. Em qualquer uma delas o processo é gratuito.  Pela internet, ou através da ajuda de empresas de contabilidade que são optantes pelo simples nacional

Pela internet:

Você deverá acessar o portal do empreendedor, ou diretamente por este link http://www.portaldoempreendedor.gov.br/mei-microempreendedor-individual/formalize-se . Preencha o formulário e efetue o cadastro. Logo após o cadastramento você irá obter  imediatamente o CNPJ e o número de inscrição na junta comercial. Imprima e assine os documentos.

Pelas empresas de contabilidade:

As empresas de contabilidade optantes pelo simples nacional irão realizar a formalização do MEI sem cobrar nada. Você pode acessar a relação das empresas que disponibilizam este serviço através do link http://www.fenacon.org.br/escritorios/

Reúna os documentos e leve á prefeitura

Lembre-se de que toda atividade a ser exercida, mesmo na residência, necessita de autorização prévia da Prefeitura.

Após imprimir os documentos com o CNPJ e número da inscrição, leve juntamente com os outros documentos necessários (geralmente são a cópia do RG e CPF), até a prefeitura da sua cidade para efetuar a formalização.

Ela deverá sair em algumas semanas, isso varia de acordo com cada munícipio.

Custos  do MEI após a formalização:

Após a formalização, o empreendedor terá o seguinte custo:

  • Para a Previdência: R$ 39,40 por mês (representa 5% do salário mínimo que é reajustado no início de cada ano);
  • Para o Estado: R$ 1,00 fixo por mês, se a atividade for comércio ou indústria;
  • Para o Município: R$ 5,00 fixos por mês, se a atividade for prestação de serviços.

Como é feito o pagamento?

O pagamento dos valores correspondentes ao MEI é feito por meio do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que poderá ser gerado por qualquer pessoa em qualquer computador conectado à internet.

Leia também: Como Abrir seu Próprio Negócio

O pagamento deve ser feito na rede bancária e casas lotéricas, até o dia 20 de cada mês.

Agora que você já sabe como tirar CNPJ autônomo (MEI), pode escolher a maneira mais fácil pra você e tirar hoje mesmo o MEI, garantindo mais benefícios para você e os seus negócios.